A praia ao fundo com um iate navegando, há uma vasta floresta cobrindo a praia

Tudo o que você precisa saber sobre a Trilha das 7 Praias de Ubatuba

As praias do litoral norte de São Paulo são praticamente paraísos perdidos. Ainda mais no meio da mata Atlântica. Estou falando das praias que encontramos na Trilha das 7 Praias de Ubatuba.

Claro que Ilhabela e Maresias também tem seus paraísos mas Ubatuba não fica para trás. Inclusive fiquei surpreendida por passar nessas praias e estarem praticamente vazias em pleno feriado!

A trilha das 7 praias tem 10 km de extensão mas descansando em cada parada, nem se nota o quanto andou.

 

Sobre a Trilha das 7 Praias

Trilha cercada de arvores e uma mulher andando por esse caminho

 

A trilha tem dois níveis: fácil e difícil. Mas como assim?

Começando pela Praia da Lagoinha e andando até a Praia Grande do Bonete, a trilha é fácil. Saindo da Bonete até a Praia da Fortaleza, passará por duas trilhas bem difíceis. Aliás, o recomendado é ir com guia nessas duas últimas.

Ou seja, da Lagoinha até a Bonete: aprovado! Vá sem medo que a trilha é de terra batida, bem aberta e segura.

Agora, saindo da Bonete para ir as praias Deserto, Cedro e Fortaleza: chame um guia. Por que isso? Além de correr risco de acidente, a mata tem cobras venenosas e, segundo um morador, há boatoxx de onça!

Eu fiz a trilha completa com minha prima e não imaginávamos que era tão complicada e arriscada. Sim, devíamos ter nos informado melhor. Os sites que procurei, não falaram desses perigos. Por isso, quero deixar o alerta aqui!

Na capital também tem trilhas e mais fáceis, infelizmente algumas estão fechadas devido ao surto de febre amarela.

 

Ida e volta da Trilha das 7 Praias

Começaremos da Lagoinha mas é claro que poderá começar pela a Praia da Fortaleza também.

Para chegar na praia da Lagoinha, basta pegar o ônibus Caraguatatuba que sai do centro de Ubatuba. A passagem custa por volta de R$ 8.

Peça ao motorista para parar na Praia da Lagoinha.

Descendo no ponto, do outro lado da estrada terá um condomínio. Pode entrar nele, virar a primeira direita e no final virar a esquerda. Após isso, só ir reto que estará na praia. Essa caminhada dura menos de 10 minutos. Já o tempo do ônibus, cerca de 50 minutos do centro de Ubatuba até o ponto de descida da Lagoinha.

A volta (da Praia da Fortaleza até o centro de Ubatuba), preste atenção nos horários do ônibus! Só tem um ônibus que sai da Fortaleza para o Centro e ele passa pontualmente as 16h30, 19h30 e o último só depois das 23h.

Claro que você pode optar por subir 8km até a Praia Dura e pegar qualquer ônibus sentindo Ubatuba. Porém são OITO QUILÔMETROS. Aposto que depois de 10km de trilha, ninguém quer andar mais 8km.

Uma opção bem-vinda é pegar carona com algum morador. Sério, super comum e eles são muito gente boa!

No final deste post deixarei os dois mapas com o trajeto dos ônibus. Obrigada de nada.

Agora vamos as praias que conhecemos no caminho. Já aviso logo que é uma mais linda que a outra:

 

1 – Praia da Lagoinha

Várias rochas formando um cantinho escondido com acesso ao mar calmo

 

Só por visitar essa praia já vale o passeio. O mar não tem ondas, a água é morna e super limpa, tanto é que vimos peixes e até tartaruga!

Há quiosque na Lagoinha, então é ótima para passar o dia. Porém, para quem quer conhecer mais 6 praias lindas, pegue a trilha que fica do lado esquerdo da praia.

Antes de ir para a trilha, certifique-se que tenha água e comida. Caso contrário, já se abasteça pois as demais praias não tem essa infraestrutura.

Dica: do lado esquerdo tem algumas pedras que criam uma “divisão” como se fosse seu lugarzinho particular. Para chegar lá tem que ir andando pelo mar mesmo (não que nem Jesus, claro). O nível do mar é baixo durante a manhã e bate na canela no máximo. A tarde é hora de voltar pois, o nível começa a subir bastante.

 

2 – Praia do Oeste (Prainha)

Algumas rochas maiores e uma faixa curta de areia, duas pessoas estão no mar

 

Saindo da Lagoinha, em 15 minutos de caminhada fácil, se chega na Praia do Oeste. Ela é uma praia pequena e com bastante pedras e areia fina. Mas é bonita e ótima para tomar um solzinho e ficar tranquilo pois, o movimento é bem menor.

 

3 – Praia do Peres

Muitas rochas e pedrinhas em volta da praia, uma árvore está no meio da foto

Praticamente do lado da Praia do Oeste, está a Praia do Peres. Na verdade, é até difícil distinguir uma da outra pois, são bem parecidas. A praia do Peres tem um quiosque simples e há casas de moradores, além de barcos de pesca.

 

4 – Praia do Bonete

Algumas árvores forma uma ideia de Entrada para a praia

 

Essa quarta na verdade se divide em duas: Praia do Bonete e Praia Grande do Bonete. Então seria trilha das 8 praias mas não sei o porquê de desconsiderar uma delas.

A Praia do Bonete ou Bonetinho, é pequena e é maravilhosa! A água é tão azul e calma. Mesmo nadando bem distante ainda é “raso” e dá para ver a areia de tão clara que é a água.

Como se não bastasse, estava vazia. Praticamente um sonho!

Andando pela trilha, alguns minutinhos depois, está a Praia Grande do Bonete. Essa sim é umas 3 vezes maior que a Bonetinho.

 

No mar de dois barcos atracados e um iate navegando. Tem uma mata cobrindo o lado esquerdo da fot

 

No começo parece menos bonita que a anterior, até que andando mais por ela, percebe-se a beleza. A água vai do azul até o verde e trás a mesma sensação que a Bonetinho. O dia já pode se encerrar por ela mesmo.

Depois da Bonete vem as trilhas difíceis, ou como gosto de chamar, trilhas do THE MONIO. Seguindo o lado esquerdo da praia terá placas com os avisos “Bar 100 metros” e “Praia do Cedro 3km”. Decisão difícil, não?

A primeira trilha do The Monio que conheci foi a Trilha da Lagoinha do Leste em Florianópolis.

 

5 – Praia Deserta

Há uma árvore com muitas folhas vermelhas caídas na areia a sua volta, no fundo aparece o mar

 

A trilha para chegar na Deserta/Cedro é bem difícil. Pois tem uma subida ingrime e alguns acessos mais complicados. Bem cansativa.

Como o nome diz, ela é deserta. Até porque o acesso a ela é difícil e não é todos que encaram. A Deserta é procurada por campistas que querem um paraíso para eles. Quanto a chuveiro, sem preocupações porque do lado está a Praia do Cedro que tem um chuveiro!

 

6 – Praia do Cedro

Tem apenas a areia e o mar com um iate navegando mais ao longe

Cuidado ao nadar nessa praia pois ela é de tombo, então já sabe, do nada aparece um buraco no meio do mar.

Como disse anteriormente, ela é vizinha da Praia Deserta. O que separa as duas são algumas rochas.

Além do chuveiro tem uma casa lá, mas não cheguei a me informar ser era de moradores ou para campistas.

 

7 – Praia da Fortaleza

Cercando a praia tem uma vasta floresta, alguns galhos estão na frente antes da praia

Saindo da Praia do Cedro, terá a última trilha que é bem complicada e tem vários troncos caídos pelo caminho. Diferente da trilha anterior, ela tem menos subidas mas em compensação os obstáculos superam.

Ainda por cima, a trilha é mais longa. Mas vale a pena o esforço, pois logo está na Praia da Fortaleza.

Essa praia é muito bem estruturada, tem poucas ondas e é ótima para a família. Porém, foi a que menos me agradou mesmo sendo linda também.

Fim! Pode pegar seu bus de volta para Ubatuba e descanse o dia seguinte, caso não tenha hábito de trilhar.

 

O que levar para a trilha

  • Vá de tênis ou bota de trilha;
  • Protetor solar;
  • Repelente;
  • Bastante água;
  • Lanches e frutas;
  • Boné ou viseira;
  • Óculos de sol;

Espero que tenham gostado das dicas e faça uma boa trilha com segurança!

 

Centro de Ubatuba para Praia da Lagoinha

 

Praia Dura até o Centro de Ubatuba

Desenvolvedora de aplicativos, leitora de romance histórico e fantasias, apaixonada por animais (inclusive tem uma linda coelha chamada Snow e é voluntária de abrigos para cães e gatos), procura tempo para fugir da rotina, viajar para escrever mais e incentivar outros a fazerem o mesmo.

Deixe uma resposta

1 comentário para “Tudo o que você precisa saber sobre a Trilha das 7 Praias de Ubatuba”