Ski Mountain: no meio da rota do vinho, tinha um PARQUE!

No nosso passeio a São Roque não poderíamos deixar de visitar o Ski Mountain Park! Que é muito conhecido pela pista de Esqui e Snowboard.

Segundo o site próprio do Ski Mountain “…o parque apresenta atrações para todas as idades e gostos. Tanto para quem procura adrenalina quanto para aqueles que apreciam uma boa gastronomia e gostam de opções diferenciadas de lazer.”.

 

Sobre o Ski Mountain Park

A pista de esqui foi idealizada pelo David Santini, um pernambucano apaixonado por esportes de inverno e particularmente por esqui. Mas depois de 2 anos fechou, pois não oferecia infraestrutura aos visitantes e por ter difícil acesso, visto que na época era só terra.

Então uma empresa familiar, decidiu investir na construção de um parque. Depois de 8 anos de ideias e construções, em 1998 o Ski Mountain Park foi inaugurado.

Entrada do Ski Mountain após subir até lá.

O acesso ao parque é cobrado de acordo com o transporte no qual os visitantes chegam e vai de R$10,00 (para pedestres e motos) até R$250,00 (para ônibus). Ele é literalmente no alto da montanha, então os carros são estacionados embaixo e as pessoas sobem de ônibus (tipo trenzinho de praia), para transportar as pessoas até o parque. Para descer é a mesma coisa.

As diversas atrações do Ski Mountain

O Ski conta com muitas atrações, bastante focadas na natureza e em aproveitar o terreno montanhoso.

Todas as atrações são cobradas separadamente.

As atrações mais famosas do parque são a pista de esqui e snowboard. Os valores são de R$40,00 por 30 minutos e R$80,00 por 60 minutos (todos os valores e atrações podem ser consultados no site). Mas fiquei um pouco decepcionada, confesso, não sei dizer o que exatamente esperava. Porém ver aquela pista com um piso sintético, que parece uma graminha, sei lá rsrs.

Pista de Ski e Snowboard que não é feita de gelo.

As atrações têm valores individuais mas, eles vendem passaportes que incluem várias atividades por preços menores. Pela minha experiência, acho que vale a pena e da próxima vez pretendo adquirir um passaporte desses.

Tem também arvorismo, escalada, passeio a cavalo (fiquei com vontade, fica para a próxima), o teleférico e o tobogã. Vamos falar desses dois últimos, porque foi o que fizemos.

Tobogã, o escorregador que parece de boas

O tobogã, na verdade é um escorrega gigante hahaha. Tem 3 “pistas”: uma que é totalmente lisa, uma que tem umas lombadas mais altas e uma com lombadas mais suaves. Fomos nessa última.

Tobogãs visto pelo Teleférico.

Você olha pra ele e pensa “Ah tranquilo isso ai! Nem vai dar medo”, ledo engano. Você senta num tapetinho que tem lugar para por os pés e as mãos. Após se posicionar, o cara te fala “não pode deitar”, pronto! Você desce e quase morre hahahaha.

 

Sério, pega uma velocidade, que a gente perde o ar! Então você pensa “meu Deus quero sair daqui…não, pera!”. Ai você passa as lombadas e vê que é muito divertido e já quer ir de novo!

Tobogã visto antes de descer nele.

Teleférico, cadeirinhas obrigatórias após o Tobogã

Como eu disse, eles aproveitam bem o terreno. Então o tobogã fica no alto de um morro, e para subir tem que pegar o teleférico.

Só pegamos o teleférico para subir, é bem legal, cadeiras individuais e bem tranquilo.

A altura não é surpreendente e deve ser melhor na descida pois, dá para ver a paisagem de São Roque no fundo. Na subida só dá para ver o chão, o céu e o carinha te esperando para te tirar da cadeirinha.

Foto do teleférico visto enquanto andava nele.

Restaurantes: para vários gostos

Tem bastante opções para comer, mas a maioria é voltada para lanches rápidos.  Tem doces e biscoitinhos de vó e geleias (sim, tem de alcachofra que é tradicional em São Roque).

Em São Roque também se encontra alcachofras até na Rota do Vinho!

Não achei cheio quando fomos. É um lugar bem tranquilo, nada comparado as 4 horas na fila de um brinquedo que os frequentadores de Playcenter e Hopi Hari pegavam.

Eu gostei muito de lá e já quero voltar para ir em mais brinquedos/ atrações.

Ah e aproveita pra apreciar a vista, é lindo!

Pôr-do-sol no Ski Mountain

Informações:

Endereço: Ski Mountain Park®Estrada da Serrinha, 1500 – bairro Cambará

Funcionamento: Nas temporadas de janeiro e de julho, o parque está aberto de terça a domingo, das 10h às 18h.

Nos outros meses do ano, o parque está aberto aos sábados, domingos e feriados das 10h às 18h.

Telefone: (11) 4712-3351

E-mail: skipark@skipark.com.br

Site oficial: http://www.skipark.com.br/

Ama ler, ouvir música, series, passear e viajar! Trabalha como analista de recursos humanos, mas sempre pensando em outras possibilidades e no próximo passeio!

Deixe uma resposta

2 comentários para “Ski Mountain: no meio da rota do vinho, tinha um PARQUE!”