Conheça a primeira edição da Mostra “Que loucura é essa?”

Quantas vezes passamos pelo mesmo lugar e não olhamos em volta para as coisas e/ou pessoas que passam por lá? Dessa vez foi diferente e me perguntei “mas que loucura é essa?”.

Eu estava no Conjunto Nacional que fica na Avenida Paulista, indo em direção a loja Geek.ETC.BR da Livraria Cultura. Sou um pouco nerd hahaha. Mas, lá no Conjunto Nacional uma coisa me chamou atenção: várias portas de cores diferentes e pessoas saindo e entrando por elas. Andando mais um pouco, vi uma “bolha” enorme, algumas redes de dormir e uma árvore com vários papeis amarrados nos galhos.

O que era aquilo? Claro que algum tipo de exposição porém, fiquei curiosa para saber o tema.

Umas semanas ante tinha ido conferir o FILE Festival na Paulista.

Cada intervenção artística tinha uma ou duas pessoas monitorando e prontos para auxiliar em qualquer coisa. Fui até a árvore que “falava” e perguntei para a monitora sobre aquela mostra.

Ela me explicou tudo. 

 

1ª Edição: Mostra “Que loucura é essa?”

Gaveta da Mostra Que Loucura é essa?

É a primeira edição da mostra “Que loucura é essa?”, organizada pela ONG Papel de Gente e patrocinada pela Leroy Merlin. Essa ONG produz papelaria e presentes ecosustentáveis além de prestar serviços em saúde emocional corporativa e cultura da sustentabilidade.

Não conhecia a ONG antes e depois fui ver os produtos deles. Um mais lindo que o outro!

A mostra tem por objetivo nos fazer refletir sobre como nos envolvemos com nossa própria mente, a nossa essência e sobre o que estamos fazendo com a nossa vida.

Para isso, há cinco interações expostas. Passei por todas elas e vou contar um pouco sobre a experiência que tive em cada uma.

 

Escuta: O Baobá que conta histórias reais

Árvore da Mostra Que Loucura é essa?

Baobá é uma das árvores mais antigas da Terra! Ela é de origem africana e várias lendas surgiram de lá. Uma delas diz que a árvore conta histórias da Terra e dos ancestrais e foi partindo dessa ideia que fizeram a obra Escuta.

A árvore da mostra foi feita com pedaços de outras árvores e dentro há algo como um aparelho de som que nos conta histórias.

Pelo que me explicaram, o intuito é que as pessoas sentem ao pé da árvore e escutem as histórias de vida de outras pessoas. Porém, a brincadeira vai além e te faz refletir sobre a sua vida. Que caminhos você daria para o desabafo que acabou de ouvir? Será que isso se aplica a você também?

No fim, a monitora dá um papel para você escrever e amarrar na árvore.

 

As Redes: Descanso em pleno Conjunto Nacional

Redes de descanso da Mostra Que Loucura é essa?

Várias redes de dormir coloridas deposta próxima da Escuta, para as pessoas que quiserem descansar, usá-las. O objetivo? Realmente descansar! Relaxar e aproveitar o momento para descansar a mente também, ajudando na saúde emocional.

Eu não deitei em nenhuma porque já estavam todas ocupadas! Mas foi legal ver as pessoas, inclusive crianças, tranquilas enquanto um monte de gente apressada passava sem olhar para o lado.

 

Túnel: Suas escolhas X resultado

Túnel da Mostra Que Loucura é essa?

Mostrando o verdadeiro objetivo da mostra, o Túnel conta com diversos monitores que exibem as respostas de famosos e não famosos para as perguntas “Que loucura é essa?” e “Qual o papel da gente?”.

Isso nos faz pensar no resultado de nossas escolhas da vida, e se elas foram/são boas.

Qualquer um poderia gravar suas repostas também 🙂

Fiquei um pouco confusa com tantas vozes ao meu redor… Difícil prestar atenção em uma só pessoa. Acho que era essa a ideia também, até porque quantas vezes prestamos atenção em uma só pessoa em quanto andamos por aí? Não damos muita importância a diversas histórias ao nosso redor.

 

Labirinto: E se eu abrir essa porta?

O Labirinto da Mostra Que Loucura é essa?

Foi a primeira obra que me chamou a atenção, por ter várias portas para entrar naquela “mini casa”. Depois descobri que a obra tenta fazer o participante olhar dentro de si mesmo, pois cada porta levava a um assunto diferente: amor próprio, infância, relacionamento…

O engraçado é que nem todas as portas se abrem, temos que ficar procurando qual é a certa para entrar no outro cômodo. Me fez lembrar que isso acontece com nós mesmo. Se quisermos chegar a alguma resposta que nos incomoda, não é tão fácil, precisa pensar e trilhar um caminho até chegar na solução.

 

Conexão: Em ritmo com o outro

Conexão da Mostra Que Loucura é essa?

Esse era estranho mas a ideia excelente! Era como se fosse um pulmão em forma de uma grande bolha. Duas pessoas deveriam entrar e se conectar um com o outro. O “pulmão” só funcionava quando os dois respiravam juntos, na mesma sintonia.

A ideia da obra é fazer sair da sua zona de conforto, desafiando a fazer o “esforço” de entrar no mesmo ritmo da outra pessoa. Além disso, fazia você se concentrar em si, monitorando sua respiração.

Não participei desse 🙁

Não tinha outra pessoa afim de tentar essa obra. Uma pena.

 

Vamos esperar agora pela segunda edição da monstra! Espero que ano que vem se repita e traga novas ideias tão legais quanto essas.

E você? Participou dessa mostra? Se sim, conte um pouco para nós!

Nathalia Rodrigues

Nathalia Rodrigues

Desenvolvedora de aplicativos, louca das séries, aquela que se perguntarem "Bora?", responde "Bora! Quando?"
Nathalia Rodrigues

Deixe uma resposta

2 comentários para “Conheça a primeira edição da Mostra “Que loucura é essa?””

  1. Que legal, além de promover a arte ainda aborda questões de sustentabilidade. Acho que arte tem que colocar a gente pra pensar, nos tirar da zona de conforto e “Que loucura é essa?” parece nos fazer pensar sobre o nosso entorno! Gostei 😀

    1. Concordo com você! Meu tipo de arte preferido é justamente esse que nos faz refletir.
      Obrigada pela visita, girls!