Imagem escrita "I Love Couchsurfing", traduzindo para o português seria "Eu amo o Couchsurfing".

O que é Couchsurfing?

Traduzindo Couchsurfing para o português seria algo como “surfe de sofá”. No caso, os surfistas são viajantes que estão procurando anfitriões que permitam alguns dias de estadia na sua casa.

Você não entendeu errado. A ideia é exatamente essa: hospedar um estranho na sua casa por alguns dias em troca apenas de uma boa conversa, experiências de vida e cultura! E vice-versa, claro.

Várias dúvidas e pensamentos como “Nossa! Mas isso é muito perigoso”, “E se a pessoa for um psicopata?”, “Não tenho coragem de fazer uma coisas dessas!”. Ok, realmente a ideia parece um pouco louca e dá para sentir medo ou receio. Até porque é um tipo de hospedagem que foge do tradicional.

Mas, coloque um pouco de lado esses medos, entre no site, faça seu cadastro e comece a pesquisar. Muito provavelmente, sua ideia irá mudar em relação a isso. São mais de 4 milhões de pessoas que estão nessa rede, conversando, trocando experiências e sim, hospedando uns aos outros.

Eu mesma fiquei surpresa por encontrar conhecidos e amigos que já fazem isso há algum tempo! Um ou outro até hospedam viajantes diferentes há alguns anos.

 

Se inscreva no Couchsurfing

No início do site, já tem duas opções de cadastro, uma pelo Facebook e outra direto pela conta de e-mail.

Se o seu cadastro no Facebook estiver bem preenchido, então os dados de data de nascimento, cidade e gênero serão pegos de lá mesmo. Caso contrário, terá que fornecer.

No caso de cadastro via e-mail, esses dados terão que ser fornecidos manualmente.

 

Imagem com a tela inicial do site Couchsurfing

 

Em ambos os casos, essa é a parte rápida e fácil. No passo seguinte terá que preencher um formulário com as seguintes questões:

  • idiomas em que é fluente ou que está aprendendo;
  • cidade onde cresceu;
  • formação acadêmica e profissão;
  • sobre você;
  • por que está no couchsurfing?;
  • seus interesses, filmes, músicas e livros que gosta;
  • o que você pode compartilhar com os anfitriões;

Ainda há mais algumas etapas como, submeter algumas fotos suas (opcional mas é o ideal para as outras pessoas te conhecerem), referências de amigos que também estejam na rede, e pagar uma taxa de U$ 60,00 para ser um membro verificado. Essa última também é opcional mas alguns anfitriões só hospedam para quem é verificado, pois sentem mais confiança.

 

Tela do meu perfil na rede
Meu perfil ainda não está completo :/

Participe dos eventos

Quer ter mais segurança e conhecer pessoalmente as pessoas que estão no mesmo barco, ou melhor, na mesma prancha que você?

Participar dos eventos criados por outros membros é uma ótima forma. Além de eventos para conhecer, interagir e tirar dúvidas, existem outros para quem quer aperfeiçoar o inglês.

 

Tela com os eventos do Couchsurfing

 

Participe dos grupos

Assim como eventos há grupos para ajudar os viajantes. Em qualquer um pode-se postar perguntas ou dúvidas relacionadas ao tema do grupo. Funciona como um fórum, na verdade: publique seu tópico e outros usuários do grupo irão te responder.

 

Tela do grupo "Cheap Travel"

 

Planeje sua viagem

E como faço para encontrar anfitriões? Tem duas formas muito boas.

A primeira é pela barra de pesquisa, selecionando o “Buscar Anfitriões” e informando a cidade da viagem, data e número de viajantes. No geral é mais fácil encontrar anfitriões que hospedem uma pessoa mas pode ter outros que aceitem mais de um.

Sempre siga as recomendações de segurança do site Couchsurfing (somente em inglês).

A segunda forma de encontrar anfitriões é planejando sua viagem. Há a opção de criar publicamente o lugar onde você irá viajar, informando as datas e o objetivo da viagem (lazer, trabalho, etc).

Depois de criado, as pessoas que fornecem hospedagem irão ver e podem entrar em contato oferecendo para ser o seu anfitrião.

 

Tela do planejamento da minha viagem a Florianópolis

 

Na hora de escolher um anfitrião, veja as recomendações de quem já se hospedou. Dê preferência também a usuários que possuam o selo de “Verificado”, não só o pagamento mas como documentação e telefone.

 

Hospede um viajante

Pode ser um estrangeiro ou algum brasileiro de outro estado, então ajude-o com dicas, arrume o sofá ou o quarto para a chegada dele. Deixe as regras da casa bem claras e se for legal para ambos, seja o guia turístico dele(a)!

Já que compartilhar experiências e cultura é um dos objetivos da plataforma, é interessante mostrar ao seu hóspede um pouco da cidade, costumes e alguns lugares legais para conhecer, se divertir ou almoçar/jantar.

Mas antes de chegar nesse ponto, para procurar um viajante pode ser pela barra de pesquisa selecionando a opção “Encontrar Viajantes”. Leia as informações das pessoas, as referências e verifique se o perfil bate com o seu. Se achar interessante, troque mensagens com ele(a) para planejar a estadia.

 

Irei procurar um anfitrião para alguma viagem em que eu vá sozinha. A Babi ainda não sente confiança infelizmente. Mas eu já estou a todo o vapor concluindo meu cadastro e vendo os próximos eventos aqui em São Paulo. Inclusive já participo de um grupo que também está no Facebook.

 

Desenvolvedora de aplicativos, leitora de romance histórico e fantasias, apaixonada por animais (inclusive tem uma linda coelha chamada Snow e é voluntária de abrigos para cães e gatos), procura tempo para fugir da rotina, viajar para escrever mais e incentivar outros a fazerem o mesmo.

Deixe uma resposta

3 comentários para “O que é Couchsurfing?”

    1. Para ter a confiança leva tempo, né? Acho que mais para frente mais pessoas podem usar mais coisas como o Couchsurfing!