Passaporte americano em cima da bandeira dos Estados Unidos

Capítulo 3: A entrevista para tirar o visto de AU PAIR!

Hey hey, galeris!!! Hoje irei falar um pouco sobre a entrevista no consulado americano e o tão sonhado visto de Au Pair que fazem a gente perder o sono de medo de ser reprovado!!

Depois que tive o match com a minha host family, já no dia seguinte a agência entrou em contato comigo avisando para agendar o visto no consulado com pelo menos um mês antes do meu embarque. Assim daria tempo de resolver tudo. Por precaução caso ocorra algum atraso.

No meu e-mail já tinha passo a passo o que fazer. Eu esperei algumas semanas pois ainda tava meio sem grana pra pagar a taxa do visto. É um pouco carinha essa tal taxa, meus caros amigos.

Daí você entra lá no site da polícia federal para preencher o visto. Eles dão um número que é seu DS, um documento que contém suas informações e o seu tipo de visto. Para Au pair é o visto J1 porque é de trabalho e estudo. Você preenche toda essa cosaiada (confesso que é chatinho essa parte, mas seguimos o baile pois a gente quer viajar, né?! KKKK).

Meme do Seu Madruga com a frase "Já recebi e já paguei todas as minhas contas, agora posso curtir a vida com os 2 reais que sobrou"

 

Para a entrevista no consulado americano são dois dias de agendamento. O primeiro dia é no SEVIS, lá eles irão recolher suas digitais e blá blá blá. É tranquilo! No dia seguinte você vai para a entrevista. Porém para muitos é um Deus nos acuda, por conta do medo de ser reprovado e tals mas isso é muito relativo, acho que vai depender de quem irá te entrevistar.

Quando chegou o dia de eu ir na entrevista, acordei super cedo para me preparar, aliás já havia deixado tudo que eu precisava levar separado, que eram os documentos sendo alguns para comprovar vínculos no Brasil caso eles pedissem.

Prédio do consulado com a bandeira do Brasil estendida

 

E lá fui eu toda nervosa mas tentei manter a calma. Chegando lá você deve deixar celular e tudo mais nos guarda volumes que tem lá fora ( é pago tá gente, não e de graça kkkk), porque lá dentro não pode entrar com celular.

Já cheguei suando frio kkkkkkk, mas fui com a cara e com a coragem que não era muita. Fiquei na fila e a moça me chama (eitaaa e agora, ainnnnnnn!!!), segurei na mão de Deus e fui.

A moça era super séria, mas foi super rápida não durou nem um minuto. Ela só fez três perguntas em inglês que foram:

-Pra onde vai?
-Quantas crianças?
-O que pretende fazer quando voltar do intercâmbio?!

Só isso que eu respondi e ela “foi aprovada”.

Homer Simpson comemorando. Tem uma frase na imagem escrita "Happy as fuck", que significa "Feliz para caramba"

Manoooo! I have my Visa!!! Vou para os USA!!! Fiquei mega feliz e ansiosaaaaaaa.

Sai de lá sorrindo tanto é que nem disfarcei. Tirei um peso das costas. Bom genteeeeee, essa foi a minha experiência no consulado,  espero que tenha ajudado vocês mas se quiserem tirar dúvidas estarei aqui!! Obrigadas e de nadas!! 😉

Au pair nos Estados Unidos vivendo o sonho americano, costureira e estilista nas horas vagas. Minha missão é ajudar o próximo e contar minhas experiências.

Deixe uma resposta