Eu na praça da Sé em frente a Catedral da Sé. Coqueiros estão em linha criando a ideia de uma entrada até a catedral

Catedral da Sé – uma das 5 maiores catedrais neogóticas do mundo!

Sendo uma das 5 maiores catedrais neo-góticas do mundo, a Catedral da Sé impressiona não só pelo seu tamanho mas por suas várias colunas, mosaicos, o lindo chão inteiro de mármore e todas as suas esculturas.

Com capacidade para 8000 pessoas, a catedral parece que saiu da Europa direto para São Paulo. Basicamente, foi quaes isso mesmo. A mobília, as esculturas, vitrais e o mármore foram trazidos da Itália, além disso, a arquitetura foi inspirada nas antigas catedrais medievais da Europa.

Outra obra que fica no centro de São Paulo e foi inspirada no Ópera de Paris é o Teatro Municipal.

Já fui algumas vezes a Catedral da Sé e sempre me impressiona por sua beleza. O que mais gosto dela são os mosaicos, cada um tem desenhos diferentes e são verdadeiras obras de arte!

 

Um pouco da história da Catedral da Sé

A catedral que conhecemos hoje é a terceira construção, restaurada em 2002. As obras iniciaram-se em 1913 e finalizaram em 1954, pronta para a comemoração do 400º aniversário da cidade de São Paulo.

Vitras coloridos e com desenhos santos variados
Os vitras são lindoooos, não?!

Antes disso, era conhecida como Catedral de São Paulo e foi construída pela primeira vez em 1589 na vila de São Paulo de Pinatininga. Essa obra foi finalizada em 1616, porém um século depois, em 1745 foi substituída por outra que permaneceu de pé até 1911. A partir desse ano, a catedral que conhecemos hoje foi construída no mesmo local.

Foto tirada a partir da porta da Catedral da Sé. Ao fundo o Altar principal. Estende-se por 100 metro, várias colunas bem desenhadas.
Cheguei o mais próximo possível do altar, ele é enorme!

O responsável pela arquitetura foi o alemão Maximilian Emil Hehl, que também foi responsável pela Catedral de Santos e pela Igreja da Consolação.

 

A Cripta da Sé

De baixo do altar principal está a Cripta da Sé, onde estão sepultados muitos nomes importantes da igreja católica. Incluindo também o índio Tibiriça, que era aliado dos portugueses e teve um papel importante na fundação de São Paulo. Lá também está o Regente Feijó, governante do Brasil no Período Regencial.

A cripta possui muitas colunas e um altar. As abóbadas, para mim, são as que mais impressionam!

Assim, como a Catedral da Sé, a cripta tem formato de uma cruz. Em um dos braços da cruz, está exposto itens da era de Cristo. Como por exemplo, uma moeda de madeira, a coroa de espinhos e até um chicote (ou versão de um chicote).

 

Informações

Endereço: Praça da Sé – Sé, São Paulo – SP, 01001-000, Brasil

Telefone: (11) 3107-6832

Site oficial: www.catedraldase.org.br

Funcionamento: de segunda a sexta das 8h às 19h; Sábado das 8h às 17h; e domingo das 8h às 13h.

Missas: de segunda e sexta às 9h às 12h e também às 18h; terça, quarta e quinta às 12h e às 18h; sábado às 12h; domingo às 9h, 11h e 17h.

 

Desenvolvedora de aplicativos, leitora de romance histórico e fantasias, apaixonada por animais (inclusive tem uma linda coelha chamada Snow e é voluntária de abrigos para cães e gatos), procura tempo para fugir da rotina, viajar para escrever mais e incentivar outros a fazerem o mesmo.

Deixe uma resposta

4 comentários para “Catedral da Sé – uma das 5 maiores catedrais neogóticas do mundo!”