Foto do Orquidário e do lago do Jardim Botânico

5 motivos para visitar o Jardim Botânico de São Paulo

Antes, um pouco da história do Jardim Botânico

O Jardim Botânico foi fundado em 1928, em convite ao naturalista brasileiro Frederico Carlos Hoehne. Ele foi convidado para criar um projeto botânico no bairro da Água Funda, onde antes funcionava a área hídrica que abastecia a região do Ipiranga.

Nesse mesmo ano ele criou o Orquidário de São Paulo, considerado o marco inicial do jardim. Mas foi apenas em 1938, com a criação do Departamento de Botânica de São Paulo, que o espaço foi oficializado.
 

Agora 5 motivos para visitar esse espaço maravilhoso em São Paulo

Vista do lago que fica de frente para o Orquidário do Jardim Botânico
 

1 – Parque com sossego

Quem mora em São Paulo está acostumado com o “cinza” da cidade que nunca para. Contando com poucos espaços verdes, entre eles o Parque da Água Branca e o Ibirapuera como símbolo máximo (que o torna bem concorrido e lotado), o Jardim Botânico é um espaço que merece ser destacado.

O Jardim Botânico já tem uma proposta diferente, que busca abrigar, preservar e conscientizar sobre a fauna e a flora. Portanto tem algumas regras, como a proibição de entrada com animais, churrasqueiras, bicicletas, bolas, patins e afins, evitar excesso de barulho, etc.

Assim podemos desfrutar de um ambiente mais harmonioso, curtindo um piquenique e tirando fotos, o que nos leva ao segundo motivo…

Foto tirada do Lagos das Ninféias, cheio de plantas d'água, em um dia ensolarado.
Lago das Ninféias

 

2 – Paisagens deslumbrantes

O Jardim Botânico é todo lindo! Eu diria que em todo lugar você consegue uma foto linda, tem os jardins, as escadarias (clássica, todo mundo tem uma foto nela), o lago, um portão perdido no meio do jardim, enfim! Deu para entender que vai chover foto linda, né? Por isso, que ele recebe tantos visitantes para fazer ensaio fotográfico, o que é permitido mediante o pagamento de uma taxa.

Nós três em uma das escadarias de pedra do Jardim Botânico
Clássica foto na escadaria

 

3 – Natureza

Pode parecer redundante, mas no Jardim Botânico o contato com a natureza é enorme! Tem passarinhos de todos os tipos, que “andam” perto dos visitantes. Tem lagartos, macacos (sim, a gente adora ver os macacos!), os peixes e a diversidade de plantas, árvores (todas identificadas e muito bem cuidadas. Tem até um brejo real oficial para você observar!

Macaco em uma árvore do Jardim Botânico
Macacos são uns amores, não?!

 

4 – Coisas para fazer    

Vendo as “proibições” você pode até pensar que deve ser monótono. Pelo contrário, fora o piquenique e as fotos, o jardim oferece trilhas, museus, as coleções vivas (o jardim dos sentidos é muito legal), as estufas…você nem vai ver o tempo passar. E por fim…

Foto da entrada da Trilha do Bambu do Jardim Botânico de SP
Trilha do Bambu, lindo!

 

5 – Perto e barato

É na cidade de São Paulo, na capital, na zona sul. Tem ponto de ônibus em frente tanto para chegar, quanto para sair, contando com estacionamento também. Entrada à R$10, com meia para estudantes, idosos, crianças até 4 anos e deficientes são isentos (no site há informações sobre um aumento em breve). Não tem desculpa para não ir.

É um lugar que vale muito a pena, para fazer um passeio diferente, curtir um pouco a natureza e um pouquinho de paz nessa nossa metrópole que não para.
 

Dica!

Ahh e se eu puder dar uma dica, levem comida de casa! Lá só tem uma lanchonete com lanches e comida (a comida é servida durante horário de almoço) por isso fica lotada e é bem cara.
 

Informações

Endereço: Av. Miguel Stéfano, 3031 Água Funda – São Paulo/SP – CEP: 04301-902

Telefone: (11) 5067-6000 / Fax: (11) 5073-3678

Site oficial: http://jardimbotanico.sp.gov.br/

Entrada: R$ 10 a inteira e R$ 5 a meia entrada. Crianças de até 4 anos e idosos não pagam.

Horário de funcionamento:

  • Fora do horário de verão: De terça a domingo e feriados (incluindo feriados que caem na segunda-feira), das 9 às 17 horas. Quarta-feira de Cinzas aberto a partir das 12h.
  • No horário de verão: aberto das 9 às 18h.
  • Fechado: sexta-feira santa, 25 de dezembro e 1º de janeiro.

Permissão para fotos:

  • Foto com celular ou não profissional: gratuito
  • Para tirar fotos com o seu fotógrafo profissional, seja para casamento ou outros tipos: R$ 120 nos fins de semana ou R$ 60 de segunda a terça

 

Babi Clal

Amo ler, ouvir música, series, passear e viajar! Trabalho como analista de recursos humanos, mas sempre pensando em outras possibilidades e no próximo passeio!

Deixe uma resposta

7 comentários para “5 motivos para visitar o Jardim Botânico de São Paulo”

  1. Meninas!! Que passeio lindo!! Tenho até vergonha de dizer que nunca fui! O lugar parece super agradável e gostoso para fazer uma caminhada sem pressa, só apurando nosso olhar para a natureza. Taí uma coisa que perdemos com essa nossa vida contemporânea de correria, não é? Apreciar o belo que está ao nosso lado! Parabéns! Dica ótima!

    1. Não sinta vergonha! Eu (Nathalia), também não conhecia e a Babi tinha ido uma vez, se não me engano.
      É um lugar lindo e pelo visto, pouco explorado. O Ibirapuera é mais famoso, já o Jardim Botânico as pessoas não tem tanto conhecimento que é um ótimo lugar para dar uma volta e fazer um picnic!

      Sim! vamos apreciar o que é belo pois basta olhar para o lado para achar algo assim 😀

      Obrigada pela visita!

    1. Ainda não conhecemos o de Curitiba mas, pelas fotos que vemos dá muita vontade de conhecer.
      Parece que já se tornou um ponto turístico obrigatório por lá.

      Que bom que gostaram das dicas! <3